Mistérios por Revelar...

Get Adobe Flash player

Navegação

Post-It




Aqui voçê vai encontrar-se com o insólito!

 Ovnis - Objectos Voadores não Identificados

Tema aqui  informação diversificada sobre UFOS/OVNIS, quer de âmbito nacional quer estrangeiro. Pode observar videos e muito outra informação acerca do assunto que de certo é um tema apaixonante.


  Fantasmas

Quem nos dias de hoje não terá medo de ir sozinho a um cemitério durante a noite ou até mesmo de dia? Porque sucederá isso, se os mortos não fazem mal? Não estará esse medo apavorante relacionado com a alma, segundo conceito geral, estará aí por perto noutro plano? Não será no funda das almas que temos medo?


  Triângulo das Bermudas

O Triângulo das Bermudas é porventura o lugar do mundo onde mais desaparecimentos se deram, quer de pessoas, quer navios ou aeronaves. O desaparecimento do vôo 19 (05Dez1945) será talvez, até hoje, um dos mais interessantes ali verificados, quer pela quantidade simultãnea de aviões  Grumman TBF Avenger desaparecidos (5), quer pela qualidade  técnica dos envolvidos...


 Outros assuntosHistórias de Fantasmas - T2 Ep. Nº 006

Os três tópicos acima referidos, são somente um pouco do muito que por aqui vai encontrar na área do insólito. Se o mistério aguça a sua curiosidade... está no sitio certo! 

EM DIRECTO


Tv do Centro de Ufologia

  • Click no texto acima,(a vermelho) e simultaneamente prima a tecla Ctrl do seu Computador para aceder á TV do Centro de Ufologia.


Fjfluz em

Últimas Visitas

Globo de Visitas

Clicks no Blog

 





See 10-Day Forecast


Brasão da Vila de Riachos


Localização


Riachos é uma freguesia portuguesa do concelho de Torres Novas, com 14,56 km² de área e 5.247 habitantes (2011) . 

É uma das mais populosas vilas do concelho. Densidade: 360,4 hab/km². Fundada em 23 de Agosto de 1923, de parte da freguesia de Santiago do concelho de Torres Novas, Riachos está a uma dista de 5 km da sede do concelho. 

É uma povoação cuja antiguidade se desconhece. Talvez pela falta de referências históricas, é usual, dar-se como muito recente o seu povoamento. 

Foi elevada a vila a 16 de Maio de 1986, mas o mais provavel e ser ainda mais antiga, segundo consta, existem famílias cujos registo datam os anos entre 1600/1650. 

É hoje servida por comboios na estação de Riachos/Torres Novas/Golegã.




Colectividades
- Clube Pescadores de Riachos
- Agrupamento CNE 593 de Riachos;
- Sociedade Columbófila Riachense;
- Moto Clube "Os Tesos do Ribatejo";
- Rancho Folclórico "Os Camponeses" de Riachos;
- "O riachense", Cooperativa Editora
- NAR (Nucleo de Artistas Riachenses)

Principais Empresas 

 - Metalúrgica Coelhos; 

 - Sociedade Lusitana de Destilação; 

 - TVT Terminal Intermodal; 

 - Luz & Irmão, Lda; 

 - Agromais; 

 - Agro-Graça, Lda;

Museu

- Museu Agrícola de Riachos



Cidade geminada

- Notre-Dame-De-Bondeville, França




Clube Atlético Riachense


O clube foi fundado em 1932
Na época de 2013-2014, a equipa de seniores participa no campeonato nacional de seniores.


Clube Atlético Riachense no seu inicio...


O clube tem mais equipas como: Juniores, Iniciados, Infantis, Escolas e Escolinhas.


Emblema



Estádio

A equipa disputa os seus jogos caseiros no Campo Coronel Mário Cunha.


Equipamento

Felizmente que notícias como esta oriunda do arquivo do Jornal Mirante Edição de 09-05-2013, têem acontecido ao longo da história do clube! 

A equipa de Riachos foi efectivamente a melhor durante quase toda a época
Clube Atlético Riachense mais uma vez campeão distrital de futebol. O Campo Coronel Mário Cunha, continua a ser um talismã para a equipa de Riachos. Foi ali que a equipa da casa se sagrou campeã distrital várias vezes nos últimos anos e esta época a história repetiu-se. A vitória do Clube Atlético Riachense sobre a Associação Desportiva de Mação, a uma jornada do fim da competição, deu o título à equipa riachense... 
 





Lendas e Mitos



Pintura Mural ilustrando a lenda do Senhor Jesus dos Lavradores

A juntas de bois ajoelhavam sempre no mesmo local onde se encontrava a imagem de Cristo crusificado


Diz a lenda...que nos primórdios da idade média, um grupo de boieiros andava a lavrar os campos do Espargal, perto dos Casais de Riachos com juntas de bois de trabalho. Estes sempre que passavam em determinado local ajoelhavam-se. Estranhando o comportamento dos animais, os lavradores foram cavar o local onde os bois se detinham e aí depararam com um túmulo em pedra onde estava uma imagem em madeira de Jesus crucificado. Em seguida, e com os maiores cuidados, retiram do túmulo a imagem, a qual lavaram cuidadosamente numa calha do velho Moinho dos Gafos no fim de limpa foi  entregue na Igreja de Santiago em Torres Novas em virtude de não haver nessa época igreja em Riachos. A imagem, que se encontra à guarda da Misericórdia de Torres Novas, vem na Sexta feira dia 25 via auto até à entrada da povoação de Riachos (Rotunda dos Bois) sendo aí recolocada num carro de bois que a leva até à Igreja de Santo António onde fica durante todo o fim de semana. É essa imagem que se tornou conhecida como Senhor Jesus dos Lavradores e que nos dias de hoje regressa  a Riachos de 4 em 4 anos.  O ponto mais alto das festas é um grande cortejo etnográfico em que os agricultores riachenses desfilam com os seus animais – e hoje também com as máquinas e instrumentos de trabalho – colhendo a bênção divina para si próprios e para os animais, seus companheiros de trabalho e que tem características essencialmente etnográficas. Conta com a participação da população em geral e agricultores em particular. Realiza-se a 30 de julho.


Igreja de Santiago, local onde se encontra a imagem do Senhor Jesus dos Lavradores, descoberta nos campos agriculas de Riachos




A Festa da Bênção do Gado evoluiu de uma festa de aldeia para uma das maiores e mais características festas da região, com um programa muito diversificado em que o povo tem um papel fundamental na sua organização e realização. O ponto mais alto da Festa é o Cortejo da Bênção do Gado própriamente dito. A arte do povo manifesta-se em várias actividades, mas especialmente no embelezamento das ruas, com destaque para os motivos rurais. Esta é uma Festa feita pelo povo e para o povo, que respeita as suas tradições e as suas raízes rurais. A integração desta imagem na procissão do Senhor Jesus dos Lavradores verificou-se a partir de 1966.


Cortejo da Bênção do Gado

O grandioso Cortejo da Bênção do Gado é o momento mais alto da Festa. A criatividade dos participantes com os seus carros alegóricos versando as culturas de outrora, as sementeiras, os frutos da terra, os trabalhos, as artes e ofícios ligados à vida rural, é revelada neste Cortejo. A bênção, conferida pelo pároco local em frente à igreja, é uma cerimónia solene e recatada, plena de significado religioso. À passagem perante a igreja de Santo António, os agricultores e outros participantes recebem a bênção, bem como o gado, os carros alegóricos e os instrumentos de trabalho. O Cortejo passa pelo Largo da Igreja Velha - verdadeiro e eterno centro cívico de Riachos - onde é alvo de todas as atenções. Participam no Cortejo todas as casas agrícolas de Riachos, bem como as colectividades, inúmeras entidades e instituições do concelho. O Cortejo representa as características rurais da população, a sua memória colectiva e o seu poder criativo e mobilizador e também as suas potencialidades. É sem dúvida um acontecimento ímpar, de características únicas em toda a região do Ribatejo. É a imagem de marca da Festa.


A procissão do Menino Deus



Imagem do menino Deus

Ainda de acordo com a lenda, na altura em que a imagem do Senhor Jesus dos Lavradores teve que ser depositada na Igreja de Santiago em Torres Novas, por ao tempo não existir igreja em Riachos, os agricultores riachenses criaram uma imagem pequena em madeira que designaram como Menino Deus e que substitui a outra. A imagem do Menino Deus fica durante um ano em casa de cada um dos dez irmãos, que constituem a Irmandade do Menino Deus, e que representam no fundo os herdeiros dos boieiros que descobriram a Imagem do Senhor Jesus. Todos os anos no dia do Corpo de Deus realiza-se a procissão do Menino Deus, em que a imagem sai da casa onde esteve durante todo o ano e é levada em procissão à igreja e depois transportada para casa de um outro membro da Irmandade, onde ficará mais um ano. Nesta Quinta-feira será realizada a procissão do Menino Deus em que será transportada aquela imagem de casa do irmão que a possui para a igreja onde ficará em exposição até ao dia 28 de Julho.





Imagem da Igreja de Riachos, á frente da qual é efectuada a bênção de Agricultores e animais.


No Blog de "Roxinol de Pomares" poderão encontar muitas fotos da tão típica festa Riachense. Os meus parabéns pela divulgação dos usos e costumes da minha terra: Riachos.

Fotos da Festa da Benção do Gado 





Reportes de Imprensa sobre a Festa da Benção do Gado

RR / Expresso / Entroncamento Online / O Ribatejo



                               Lenda da Galga

Acreditem, meus amigos, que muitas vezes diante do alto da experiência de mais de 80 anos de vida do meu avô, pessoa que tenho como referência maior, o escutei tecendo considerações sobre a famosa "Galga" e da sua experiência com o fenómeno. Sempre falou do assunto de uma forma meio envergonhada e com a contenção possível de quem presenciou algo na primeira pessoa que nunca conseguiu explicar totalmente, não somente aos outros, mas também a si próprio. 

 O cenário que rodeava todas estas tentativas de explicação do caso da Galga, aconteciam habitualmente junto à lareira, no exterior de uma casa situada na rua Benção do Gado nº60 em Riachos, local onde nasci em Setembro nos idos anos 50, mais concretamente 1959. Tudo isto tinha origem junto à base daquela bonita oliveira, que lateralmente parecia abraçar a lareira, coberta por um tosco telhado que respirando diariamente os fumos do braseiro, nos escondia ter conhecimento, que ali naquela base quadrada a um palmo de altura do solo e com um metro quadrado de tijolos arcaicos como base, jaziam habitualmente no fogo, cavacas das suas amigas de espécie, que jaziam por uma causa maior; servir como base de calor a cozinhados e aquecimento de gente pobre, para quem o gás era um luxo naquela época.

Reporte de imprensa da CM TV sobre o assunto (2014) Na aldeia de Riachos, perto da Golegã, a população vivia aterrorizada por um cão gigante, a galga. A jornalista Vanessa Fidalgo foi desvendar este mistério que integra o livro da sua autoria 'Seres Mágicos de Portugal'. A CMTV emitiu em Maio de 2014 uma série de reportagens que deram a conhecer os seres mágicos que habitam em Portugal.                    Refira-se no entanto algumas imprecisões: Riachos não é aldeia mas sim vila, a referência ao local onde era vista a dita aparição, não era junto ao rio Tejo mas sim nos campos que circundam a Vila de Riachos. 


 O som ambiente no local muitas vezes tinha a participação generosa do ruído típico da água da chuva a cair copiosamente e claro o crepitar da madeira a arder. Como é sabido naquela época os trabalhadores para chegarem aos locais de trabalho a muitos quilómetros de distância, levantavam-se ás 3 ou 4 da manhã, e na sua maioria faziam os percursos a pé, pelos mais tenebrosos lugares, e sobre condições atmosféricas calamitosas, isto para não falar das roupas, pouco ajustadas ás condições, quer de frio ou calor. 

 Imaginem só por um instante o que seria vós próprios levantarem-se ás três da manhã, fazerem quinze quilómetros ou mais, a pé debaixo de chuva constante e intensa, frio de ranger o dente... vestidos com fato de oleado grosso e pouco maleável, extremamente pesado, completamente ás escuras em ambientes de poças de água ... lama e tudo mais que o desconforto aconselha vos venha à cabeça, era naquela altura uma realidade. 

 A isto acrescentem o facto de que não eram cumpridas oito horas de trabalho mas sim doze ou mais... faziam o horário de sol a sol, isto é; pegavam ao serviço quando o sol nascia saindo dele quando o mesmo sol se punha na linha do horizonte, para fazerem tudo ao contrário até chegarem a casa de novo, para tudo se voltar a repetir no dia seguinte! Foi um periodo muito triste, pelo qual o meu avô passou bem como "quase todos" os da sua época. 

É neste contexto que esta história da galga se passa. Contava então o meu avô que por vezes nestes percursos que fazia a pé para o trabalho rural ou da vinda dele, sozinho ou acompanhado, sentia muitas vezes a Galga, que assumia alterações de tamanho cor indo do escuro profundo, ao branco.Ocupava por norma uma posição lateral ou traseira em relação ao observador mantendo sempre as distãncias. Quando aparecia de frente nunca se desviava, sendo o transeunte obrigado a fazê-lo. Acreditem que, no que era possível perceber da personalidade de meu avô, fácilmente se poderia concluir que, sendo afável, não era homem que acreditasse em tudo fácilmente. Em relação a esta história da Galga, dizia-se ser aquilo que poderemos descrever como um ser com a aparência de um cão gigante como o documentário retrata. A verdade, bem a verdade foi enterrada com todos aqueles que dizem ter presenciado o facto. 

Não estou aqui a defender a honorobilidade de meu avô, até porque o seu passado naquela terra, como agricultor respeitado que foi, e capataz de pessoal, logo um lider nato, não precisa de todo disso. Não era homem que se deixasse levar por "coisinhas sem importância nenhuma". 

 - Que me contou que presenciou o facto (estando sozinho ou acompanhado) por tês ou quatro vezes, e que estava perfeitamente lúcido, foi verdade! 

 - Que me contou que outros também viram, foi verdade! 

 - Que nunca conseguiu explicar o que viu, é uma realidade! 

 - Que não era académicamente culto era verdade, mas esse facto em nada prejudicou a descrição dos factos! Só soube no fundo que viu algo, mas nunca o conseguiu explicar, à imagem de todos os outros. 

 Há um pequeno promenor no entanto que gostava ainda de reportar, no caso do meu avô, esta situação passou-se quase sempre (mas não sempre), junto a uma pequena fonte a duzentos ou trezentos metros do cemitério local, no fim de uma descida que vai desde o cemitério ao inicio dos campos de cultivo.



Aqui fala-se do Insólito... mas também de outras coisas!   Até música pode ouvir.

 

Últimas páginas actualizadas:  Galeria Aéronautica,Músicas do meu mundo 2, Actualização de música nos Players, Coisas fantásticas, Fantasmas - Casos Diversos, Experiências de Quase Morte EQM's, Amigos com alma, Fenómenos & Situações Anómalas


Actualizado a 01Dez2014) 

[footer-script-0]